Para ajudar seu filho no momento da tarefa, não demonstre pena pelos momentos dedicados aos estudos.

Alguns pais acham que é cedo para o filho ter que deixar o brinquedo para fazer a lição de casa. Outros ficam com dó pela quantidade de tarefa ou tempo necessário para concluir as atividades. A verdade é que nenhuma dessas posturas traz benefícios para as crianças ou adolescentes. Caso você considere que o tipo de atividade ou a quantidade de tarefa está fora do adequado para a série ou faixa etária de seu filho, converse com a coordenação da escola. Não deixe que seu filho perceba ou participe desse momento. É importante que os pais reforcem a importância de retomar o conteúdo estudado na escola e que ajudem a criar o ambiente favorável em casa. O ideal é dar ao momento da lição uma formalidade e importância que o tornem visivelmente marcante. Isso significa gerar um clima em que toda a família valorize a hora da tarefa assim como a hora da refeição, por exemplo. Uma forma para fazer isso é começar a descrever alguns momentos como “antes” ou “depois da tarefa”.

Por exemplo, você pode contar para um parente ou amigo que seu filho vai para a natação às terças e quintas, logo depois de terminar a tarefa. O importante é incorporar esse momento à rotina da família, de forma que se torne tão parte do dia a dia como outros hábitos saudáveis. Isso já ajuda muito a eliminar o estresse ou tentativa de negociação para fazer o dever, que é responsabilidade do aluno! Elogie sempre o esforço e dedicação, mas nunca comente que a escola manda muita coisa ou que tem pena de seu filho ter que deixar algo que estava gostando de fazer porque tem lição de casa. A partir de uma postura diferente e positiva de todos os membros da família, seu filho consegue se dedicar e assumir a tarefa como responsabilidade que não pode ser transferida, mesmo que alguns dias sejam mais pesados. Os benefícios ficarão para sempre, na relação mais tranquila com a aprendizagem ao longo de toda a vida!

              

Demonstrar pena pelos momentos de estudos dos filhos é prejudicial

Posts Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *