Foi-se o tempo em que a palavra terceirização se limitava ao mundo empresarial.

No mundo dos negócios, terceirização é uma prática que permite que uma empresa contrate outra empresa para cuidar de algumas atividades não consistem no negócio principal da contratante, de forma que ela possa focar toda a energia e tempo para cuidar daquilo que se propôs a fazer.

Você pode estar pensando, tá bom… mas o que isso tem a ver com as famílias? O fato é que, por algumas características do estilo de vida em que vivemos hoje, como a falta de tempo, o excesso de trabalho, algo muito parecido com a terceirização tem invadido também a vida das famílias.

Contratar pessoas ou empresas para auxiliar nos cuidados e na educação dos filhos acaba sendo a solução encontrada por muitos pais. A questão é: até que ponto essa ajuda externa não causa danos para a relação que a criança vai ter com os estudos e com a vida em geral?

Vemos pais se desdobrando para dar conta de afazeres em que uma ajudinha extra seria benéfica para eles e para o próprio filho. E, por outro lado, existem diversas ações simples que os pais estão deixando de praticar e que têm um impacto relevante no desenvolvimento e na relação que o filho terá com os estudos.

3 coisas que só os pais podem fazer

Posts Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *