Já viu seu filho sofrendo e não conseguindo resolver um exercício ou entender um conteúdo? Vamos dar uma dica que funciona com filhos de qualquer idade, não importa a complexidade do assunto a ser compreendido.

Para resolver um problema ou entender um conteúdo difícil, em primeiro lugar seu filho precisa se concentrar na atividade ou no problema que está estudando por algum tempo. Isso significa que não há nada de errado em passar algum tempo tentando fazer a atividade ou pesquisando a resposta para a pergunta. De fato é esse o caminho correto.

Depois de explorar o conteúdo que precisa entender, é preciso desviar o foco para outra atividade, desligar-se do conteúdo que estava sendo estudado. Ele pode escolher uma das opções abaixo. Todas elas são formas de tirar o cérebro do modo focado em que foi  colocado ao estudar a matéria na qual tem dificuldade.

  • mudar para uma atividade que ativará outras áreas do cérebro. Para fazer isso, basta estudar uma matéria de uma outra área. Por exemplo, se o problema que está difícil for de matemática, ele pega agora uma matéria de outra área para estudar. Por exemplo, geografia ou língua portuguesa;
  • sair para fazer uma caminhada;
  • fazer algum exercício físico com o qual já esteja acostumado ou que pratique com frequência;
  • brincar, desde que a atividade não envolva jogos eletrônicos
  • ouvir música e relaxar
  • tirar um cochilo

Depois de pelo menos duas horas de intervalo, em que ele tenha usado parte do tempo para  praticar uma das sugestões acima, poderá voltar ao problema ou atividade inicial. Você e seu filho ficarão surpresos em como o conteúdo parecerá mais simples do que julgavam inicialmente. Isso porque durante o intervalo em que ele intercalou alguma das atividades sugeridas, o cérebro foi buscar caminhos para localizar referências que agora serão usadas na compreensão da atividade ou matéria inicial. Assim como a massa do pão precisa descansar para que a receita seja concluída com sucesso, muitas vezes o cérebro precisa dessa pausa para fazer outras conexões e conseguir compreender melhor um assunto. 

Atenção: Lembre-se que para deixar a massa do pão descansando, você precisa primeiro se dedicar ao preparo. Da mesma forma, sem estudar primeiro, tentando entender a matéria ou resolver as questões de forma totalmente concentrada, a técnica não vai funcionar. O cérebro precisa primeiro armazenar as referências a partir das quais fará a busca na memória de longo prazo.

Como a receita de pão pode ajudar na hora dos estudos 

Posts Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *