A notícia é boa: sim, uma boa noite de sono faz toda a diferença na assimilação dos conteúdos que seu filho aprendeu na escola naquele dia.
Durante o dia, nosso cérebro acumula toxinas. Enquanto dormimos, essas toxinas são eliminadas, em um processo que se assemelha a uma limpeza do cérebro. A questão é que, juntamente com as toxinas, são eliminadas as informações que recebemos durante todo o dia e que podem parecer supérfluas.
Como o cérebro decide o que manter e o que eliminar junto com as toxinas? Toda informação com a qual tivemos contato e não utilizamos novamente fica como um rascunho em nosso cérebro. Se não for reforçada, passada a limpo, utilizada novamente, será considerada lixo.
Eis a importância da tarefa no processo de aprendizagem: ao retomar os conteúdos aprendidos na aula, seu filho transforma o que era um simples rascunho em um arquivo importante.  Isso evita que aquela informação seja eliminada durante a noite. Ao retomá-la e usá-la novamente, ela poderá ser arquivada como um conhecimento, juntando-se de forma organizada à memória. Isso tudo ocorre durante as noites de sono.
Que tal combinar com seu filho um horário para ir para cama, de forma que ele tenha as horas de sono necessárias para descansar enquanto seu cérebro trabalha, selecionando, organizando e armazenando seus novos conhecimentos?
Dormir ajuda a aprender melhor?

Posts Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *