Em todos os formatos e oportunidades que temos de interação com  pais, o “meu filho não gosta de estudar” é uma das afirmações que mais recebemos.
f2f2cd_c199185ef3f740d383e1f50cf0c2a4f3-mv2
Geralmente nossa resposta vai em forma de sugestões para pequenas mudanças na rotina que trazem um alto impacto no envolvimento dos filhos com os estudos.
Sempre fica uma pontinha de remorso, porém, pela falta de tempo para oferecer mais dicas aos pais de como ajudar os filhos a desenvolver o prazer pelos estudos e pela aprendizagem.
E nas situações do cotidiano, acabo por me pegar pensando: “ah, aí está um ótimo exemplo de como os pais poderiam ajudar seus filhos a ter prazer em ler, aprender, estudar!”.  Hoje, prometi para mim mesma que não deixaria escapar uma situação que presenciei  e que serve como um ótimo exemplo prático de várias afirmações e dicas que passamos durante nossas palestras.
A situação era a seguinte: mãe e filha em uma sorveteria tipo buffet. A criança deveria ter 6 ou 7 anos e ia na frente, olhando os sabores e servindo seu sorvete. A mãe ia logo depois da filha e eu logo atrás das duas. Um pouquinho antes de chegar na balança, onde cada um pesa o que pegou, a mãe olha para o recipiente da menina e vem então o diálogo:
Mãe: – Por que você pegou só dois tipos? Lembra que era para você aproveitar para pegar vários sabores diferentes?
Filha: – É que tinha muitos e eu fiquei perdida… não conseguia escolher.
Mãe: – Ehhhhh…. dá aqui que eu vou completar para você!
Filha, entregando seu sorvete para a mãe: – Nossa, como eu sou indecisa, né mãe?
Mãe: Nem me fale!!!
E o que isso tudo tem a ver com gostar de estudar, você pode estar pensando. Vamos lá então!
Muitos pais estão se torturando com o fato de que trabalham muito e não têm o tempo que gostariam com seus filhos. Nossa resposta é sempre para que relaxem e foquem no tempo que estão com seus filhos. É sobre esse tempo que há total controle, no sentido de poderem gerar memórias que serão a referência para um aprendizado sem dificuldade ou sofrimento. O momento de um passeio como este poderia reabastecer muito do vazio que a ausência dos pais pode ter gerado durante a semana.  Aproveite o tempo que tem com seu filho para ajudá-lo a criar uma imagem positiva sobre ele mesmo!
Algumas dicas de como a mãe poderia ter feito isso:
  • Filha: – É que tinha muitos e eu fiquei perdida… não conseguia escolher.
  • Você conseguiu sim escolher, olha só, você pegou dois sabores!
  • Ah, é bem difícil mesmo escolher quando há tantas opções. Mas você se saiu muito bem, escolhendo seus dois sabores prediletos!
  • Fiquei bastante em dúvida também, mas acabei pegando três sabores. Quer ajuda para escolher mais um ou está bom assim para você?
  • Filha, entregando seu sorvete para a mãe: – Nossa, como eu sou indecisa, né mãe?
  • Você conseguiu escolher, mesmo com tantas opções! Você é sim muito capaz de fazer boas escolhas!
  • Algumas vezes é difícil mesmo escolher, porque temos que abrir mão de uma coisa para levar outra. E você decidiu rapidinho, olha só! Está de parabéns!
  • Não, filha, você não é indecisa. Olha seu sorvete aí, prontinho para ser saboreado!
  • Sabe que escolher somente dois sabores em meio a tantas opções é mais difícil do que escolher três? Você foi muito rápida para tomar a decisão dos sabores que ia pegar!
Sem mentir, sem precisar inventar motivos, é possível aproveitar cada oportunidade para ajudar seu filho a melhorar sua auto estima. Um aluno que acredita em sua capacidade de tomar decisão enfrenta sem medo qualquer dificuldade que possa encontrar nos estudos. A baixa auto estima leva o cérebro a se desligar perante os desafios da aprendizagem, o que gera comportamentos de recusa, preguiça ou aversão aos estudos.
Seu filho não está ainda na escola? Ainda não precisa estudar? Ótimo, tempo de prevenir e ajudar para que ele possa ter uma relação saudável com os estudos!
Seu filho já está na fase do “odeio estudar?”. Não é tarde. Nosso cérebro pode fazer novas conexões em qualquer fase da vida. Auto estima é uma das chaves para que seu filho encontre prazer em aprender. A família é quem tem o maior poder em ajudar o aluno a melhorar a visão que ele tem de si! E essa é uma das principais maneiras para você, pai ou responsável ajudar seu filho a gostar de estudar!
Meu filho não gosta de estudar…o que posso fazer?

Posts Relacionados:

13 ideias sobre “Meu filho não gosta de estudar…o que posso fazer?

  • 24/03/2018 em 11:29 pm
    Permalink

    Meu filho tem 16 anos e ele não gosta de estudar, até o sétimo ano eu sempre ajudei, depois comecei a trabalhar em um horário mais longo, deixei por conta dele, aí só foi piorando, agora não faz os temas de casa nem estuda para as provas! Fslo pra ele todos os dias sobre a importancia e estudar, mas ele não dá a minima! O que faço pra ele mudar essa falta de interesse? Já minha filha é o contrário!

    Resposta
    • 18/06/2018 em 4:16 am
      Permalink

      Oi, Eliane! A causa dessa apatia dele com relação aos estudos pode ter vários motivos, e para cada motivo temos uma abordagem…uma forma genérica de ajudar a estimula-lo é através de exemplos concretos. Como ele já está saindo da adolescência, te aconselho a assistir um filme com ele que é uma história real, chama : “Mãos talentosas-a história de Ben Carlson”… Assistam juntos e ao final discutam juntos a história do filme, faca perguntas que mostre para ela a importância de se estudar e mostre para ele como o conhecimento mudou a história do jovem em questão…talvez ajude ele a ter uma referência . Espero ter ajudado…um.abraco

      Resposta
  • 03/07/2018 em 4:06 pm
    Permalink

    Minha filha tem 10 anos e não gosta de estudar, mesmo estando na explicadora não consegue tirar notas boas eu fico desesperada e brigo com ela, estudo com ela, porém ela tem a iniciativa de estudar sozinha fico triste, pois não vejo o interesse dela em melhorar, o que devo fazer para ajuda-la?

    Resposta
    • 22/10/2018 em 4:08 pm
      Permalink

      Renata, estou na mesma situação.
      Você conseguiu resolver nesse tempo?

      Resposta
  • 27/07/2018 em 4:45 pm
    Permalink

    Minha filha não gosta de estudar tem 9 anos e está no 3 ano do fundamental ,eu não sei mais o que fazer ela não se interessa quando vou reclamar ela começa a chorar me ajudem por favor !

    Resposta
    • 07/08/2018 em 10:24 am
      Permalink

      Viva Bem em Família
      [[PAIS POSITIVOS, FILHOS MOTIVADOS]]

      ((Pergunta da semana))
      Meu filho não gosta de estudar e agora o que eu faço?

      Hoje vamos compartilhar três dicas do bem para incentivar seu filho a gostar de estudar.

      Dica 1 – Seja um investigador do BEM
      Descubra quais são os gostos do seu filho. Aproxime-se dele, de abraço, diga que o ama, demonstre interesse em entender melhor o seu mundo e também suas necessidades e seus medos.

      Dica 2 – Demonstre confiança
      Reconheça as qualidades do seu filho, valorize os avanços e elogiei suas vitórias.

      Dica 3- Organize a rotina
      Se você é pai ou mãe organize sua rotina para estar mais presente na vida do seu filho. Acompanhe de perto suas tarefas, defina horários para estudar em casa, analise os cadernos e o desempenho durante a semana. Visite com mais frequência a escola, peça ajuda aos professores e elabore com seu filho as regras da casa para o estudo e para os momentos de lazer.

      Abraços, Gisleine Reimbrecht

      Resposta
  • 03/08/2018 em 9:26 pm
    Permalink

    Boa noite meu filho de 5 anos, nao demonstra interesse em assuntos da aprendizagem da escola.
    Ele demonstra preguiça acaba sempre pedindo para os amigos a fazer seus exercícios para que ele faça sozinho sempre e uma briga apesar de ter sempre estar na presença de um adulto para orienta lo
    Não sei como orienta lo ou ajudá-lo a gostar ou se interessa

    Resposta
  • 09/08/2018 em 4:55 pm
    Permalink

    Estou d despersda meu filho tem ,12 anos não tem nenhum interesse sobre seus estudos estamos , no terceir bimestre,a criança está com 90 %das materias com nota vermelha
    . E a última coisa que pensa e estudar , estou com meu tempo disponível 100%para ele , converso muito com ele aí diz que vai estudar na HR H , não está nem aí. Estou enlouquecendo, pago colégio caríssimo , mas estou vendo meu filho perdendo o ano escolar, e não vejo o que fazer. Estou muito triste.

    Resposta
    • 22/10/2018 em 4:10 pm
      Permalink

      Joyce, me vejo na sua situação. Bate uma deprê, e me pergunto onde errei, desânimo total como mãe e pessoa.

      Resposta
  • 02/09/2018 em 3:32 pm
    Permalink

    Meu filho tem 14 anos e nao se dedica aos estudos , tira notas baixas, so quer jogar no computador, quando chego do trabalho vou falar com ele ,ele nao da ouvido, estou Cansada de ficar o tempo todo dando conselho, nao aguento mas. Sou divorciada do pai dele e nao tenho apoio de ninguem.

    Resposta
  • 25/09/2018 em 1:48 pm
    Permalink

    Oi meu filho tem 7 anos nao le nada, e ainda disse q nao copia a atividade porque nao quer ele nao tem interesse em aprender a ler e escrever, o que eu faço?

    Resposta
  • 01/11/2018 em 5:23 pm
    Permalink

    Estou com um filho de 11 anos na mesma situação , não sei mais o que fazer !!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *