O segredo para ajudar os filhos no desenvolvimento do controle emocional, capacidade de planejamento e resolução de problemas:

Brincar! Eis parte do segredo.  A outra parte é que tipo de brincadeira realmente causa impactos positivos permanentes no cérebro de nossas crianças.  Neurocientistas canadenses descobriram que a brincadeira é o elemento que prepara o cérebro para a vida, para o amor e até mesmo para o envolvimento com a escola e aprendizagem. Para que este tipo de desenvolvimento aconteça, a criança precisa ter acesso a brincadeiras livres: sem adultos coordenando cada passo da brincadeira, nem regras para cada movimento.

Embora os jogos e brincadeiras com regras tenham também seu papel no desenvolvimento da criança, neste caso estamos nos referindo ao brincar que se torna cada vez mais escasso na vida da criança moderna: estar ao ar livre, explorando os recursos disponíveis e interagindo com as pessoas ao redor.

Aqui também é o ponto em que enterramos de vez os tão arraigados estereótipos em relação ao que é brincadeira de menino ou de menina. Deixe que seus filhos experimentem explorar as possibilidades de diversão e que permanecem por mais tempo naquela que mais os agradar.

Muitos dos preconceitos em relação às habilidades que mulheres ou homens possuem, quando já adultos,  têm sua base no resultado da maior ou menor exposição a certas brincadeiras. Algumas daquelas consideradas “brincadeira de menino “ acabam por ajudar no desenvolvimento de habilidades como senso de direção,  orientação espacial, tomada de decisão, equilíbrio. Daí parecer até para as mulheres ser verdade a afirmação de que homens possuem, por exemplo, melhor senso de direção.

Não há justificativa alguma para que meninas não possam jogar futebol, empinar pipa, andar de skate. 

Pesquisas recentes demonstraram que as habilidades de convívio social de alunos no terceiro ou quarto ano podem prever o desempenho do mesmo aluno ao final do ensino médio com margem de acerto maior do que as notas.

Além do alto impacto no desenvolvimento das habilidade de relacionamento social, a brincadeira ao ar livre traz também outros benefícios:

  • Capacidade de foco e concentração ampliadas;
  • Maior equilíbrio emocional e auto controle;
  • Combate à obesidade infantil;
  • Desenvolvimento de coordenação motora;
  • Maior senso de espaço e lateralidade;
  • Consciência ambiental;
  • Consciência corporal;
  • Melhora da auto estima.

                  

Para ajudar os filhos no desenvolvimento do controle emocional

Posts Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *