Buscar

Ajudar os filhos na lição de casa vai muito além de saber a matéria!


Junto com seu filho, defina qual o melhor horário para fazer o dever de casa. Analise a rotina da família e o horário das atividades extras para estabelecer qual o momento em que todos os dias seu filho está em casa. Definido o horário, combine que será fixo em todos os dias da semana. Os benefícios serão enormes, tanto na assimilação do conteúdo da tarefa quanto no clima de tranquilidade e paz, que é essencial para a aprendizagem. Assim como nosso estômago se acostuma com o horário em que estamos habituados a almoçar, o cérebro também assimila o hábito de se concentrar para os estudos ou dever de casa quando o aluno faz isso todos os dias no mesmo horário. Combinado o horário da tarefa, desde o começo evite ficar chamando seu filho quando já estiver no horário combinado. Ao invés disso, poucos minutos antes, pergunte se não está na hora que combinaram. Isso será somente um alerta para que ele fique atento e possa sozinho muito em breve assumir a responsabilidade até mesmo de sentar para estudar no horário combinado. Os resultados virão em forma de clima mais tranquilo dentro de casa e no desempenho na escola.

Tudo o que você precisa é de um cronômetro – que pode ser um timer de cozinha mesmo. Explique para seu filho que na hora da tarefa ele vai colocar 30 minutos no cronômetro e nesse tempo ficar totalmente concentrado em fazer as atividades. Quando soar o cronômetro, ele coloca 5 minutos de tempo e nesse intervalo tem que se levantar e fazer o que quiser, desde que envolva movimento. Pode ir beber água, ir ao banheiro ou até conferir mensagens no celular, no caso de filho mais velhos – desde que faça isso caminhando. Os resultados positivos aparecem rapidamente. O estresse diminui porque sabendo que terá um intervalo, fica mais fácil focar por algum tempo. Além disso, o intervalo com movimento ajuda para que o cérebro seja reabastecido com oxigênio, o que gera energia suficiente para mais trinta minutos de concentração total. O benefício vem nos momentos mais calmos dentro de casa e na aprendizagem! Na lojinha do nosso site temos à disposição um timer especial para os estudos 🙂


O dever de casa tem um papel muito importante no aprendizado. Retomar o conteúdo que foi apresentado durante a aula é a forma de sinalizar para o cérebro que aquilo deve ser armazenado e organizado na memória nas próximas noites de sono. Isso explica o porquê seu filho é capaz de reproduzir a propaganda da TV, mas não guarda aquele conteúdo simples que teve na escola no dia anterior. Ele vê a mesma propaganda diversas vezes. O cérebro entende que aquilo deve ser armazenado. A dica é retomar a matéria estudada na escola todos os dias, mesmo que não tenha tarefa para entregar. Quando os pais demonstram ter pena do filho porque ele tem tarefa, além de não assumir a responsabilidade pelo aprendizado, os conteúdos vistos em sala de aula serão eliminados durante as próximas noites de sono, ao invés de armazenados.

Um dos motivos que geram a resistência na hora de fazer o tema para casa é a sensação que os alunos têm de que estão perdendo tempo de fazer algo divertido. Por outro lado, nada é mais gratificante para um filho do que ter a atenção total do pais, ainda que por um período curto de tempo. Quando você combina com seu filho de fazer junto com ele algo divertido depois que a tarefa estiver toda pronta e feita com capricho, em pouco tempo a predisposição para se concentrar muda. Ao invés da sensação de perda de tempo, o cérebro passa a relacionar o momento da tarefa com o sentimento de prazer e alegria que ficam registrados ao fazer algo divertido com você, pai ou mãe. Lembre-se de que presentes que podem ser comprados não fazem o efeito desejado. É a sensação deixada por momentos que envolvem carinho e prazer que gera uma nova relação com o momento da tarefa. Em pouco tempo a tarefa passa a ser uma atividade que seu filho faz com tranquilidade, mesmo quando não estiver esperando que você faça algo com ele na sequência.


0 comentário

© 2014 SOSEducação. Todos os direitos reservados.