top of page
Buscar

Ao invés do sentimento de pena, a demonstração de orgulho: é disso que nossos filhos precisam!

Assim como para nós adultos na relação com o trabalho, alguns dias a ida para a escola e o cumprimento dos deveres de casa requer maior esforço. Nesses casos, ao invés de ficar com pena do seu filho, se você demonstrar orgulho pela energia que ele colocou para cumprir a responsabilidade que é dele, conseguirá ajudar seu filho a superar muitos desafios ao longo da vida. Da mesma forma, não é benéfico para nossos filhos, sejam eles crianças ou adolescentes, trocar a ida para a escola ou a lição de casa como prêmio ou forma de compensação por algum estresse ocorrido em casa ou na escola. Quando o clima estiver pesado e bater aquela vontade de não ir para a escola, os pais podem ajudar criando um ambiente mais leve. Músicas divertidas no caminho para a escola, conversas que relembrem momentos bons em família ou situações engraçadas vividas durante a sua infância são algumas maneiras de mudar o humor dos filhos. Mesmo que bata aquele remorso por alguma briga ou estresse do dia anterior, nós adultos precisamos controlar nossa vontade de compensar a situação tirando a responsabilidade que é do filho.



Você pode combinar de fazer algo divertido depois da aula, mas permitir que seu filho não vá à escola ou deixe de fazer a lição são opções com consequências bastante negativas. Não tem problema se o clima ainda estiver um pouquinho tenso e seu filho for para a escola ainda bravo ou chateado. E tudo bem se você precisar manter a firmeza quando o acontecido for grave. O fundamental é que a escola seja mantida como prioridade e que depois da aula você valorize aquele dia de aula. Que depois da lição terminada, você elogie o esforço que foi colocado ali, seja qual for o estado de humor ou clima que esteja instalado por alguns momentos. Isso vai ajudar a manter os estudos no status de valorização que precisa ter e vai dar ao seu filho a mensagem da importância que a escola tem, pois há responsabilidades que só ele pode cumprir. Os dias mais tensos vão passar. Situações de estresse, doença, tristeza fazem parte da vida e não há problema em dividir isso com seu filho, respeitando a maturidade que ele tem e compartilhando o necessário. Apesar dos perrengues do dia a dia, o amor entre os membros da família e a responsabilidade de cada um devem ser os pontos de segurança para todos. Ir para a escola e fazer o dever de casa devem ser responsabilidade dos filhos esteja frio ou calor, em dias mais leves ou mais corridos. Demonstrar orgulho ao invés de pena pelo esforço faz toda diferença!


Clique aqui para acessar.


Saiba mais sobre nossas Palestras: 11.938051719


📝 Curso "Educar sem Pirar": Clique aqui para acessar.


📖 Livro "Socorro, meu filho não estuda": Clique aqui para comprar.


0 comentário

Comments


bottom of page