Buscar

Como educar as novas gerações para gostar de ler

Escovar os dentes é uma atividade que seu filho decide sozinho quando fazer? Assim deve ser com a leitura também!

A Leitura é um dos caminhos mais eficazes para garantir o sucesso em todas as fases da vida de nossos filhos. Mas é também um dos maiores desafios que os pais enfrentam hoje. Além da grande concorrência com tantas outras atividades, há também a dificuldade em organizar a rotina da família reservando tempo para ler.

E aqui entra o ponto chave: nós, adultos responsáveis, precisamos ter consciência da importância que a leitura tem em todas as etapas do crescimento. Vivemos a era da falta de tempo. E assim, acabamos priorizando uma agenda que traz a ilusão de estarmos cumprindo nosso papel. Nossos filhos crescem na ilusão de que a leitura pertence à escola. E a escola segue na ilusão de que vai conseguir que seus alunos criem o hábito da leitura. E assim, de ilusão em ilusão, falhamos, e muito, quando não damos à leitura a importância que de fato ela tem. Enquanto não chegam ao ponto de gostar, vamos nós, pais, dar à leitura a importância que tem, assim como fazemos com hábitos de higiene, como escovar os dentes, por exemplo. Assim como seu filho, você não aprendeu a escovar os dentes porque amava fazer isso ou porque tinha consciência da importância. Foi um hábito criado em família, com esforço e atenção plena dos pais até que estivesse incorporado pelo filho. O impacto que a leitura tem na saúde emocional e cognitiva do seu filho é equivalente ao impacto que escovar os dentes tem na saúde bucal e física de cada um de nós.

 H

Sempre falamos sobre estratégias para que a família coloque o hábito da leitura como parte da rotina em casa. Mas o desafio segue enorme para a escola. São inúmeras variáveis com as quais a escola tem que lidar diariamente para conseguir que os alunos tenham acesso à variedade de títulos necessária para atender de forma personalizada tantos gostos e necessidades diferentes. E idades diversas. E interesses que mudam. E conexões com os conteúdos que os professores precisam trabalhar….além de muitos outros “es” que acabam se tornando obstáculos difíceis de serem superados.

Tudo isso explica o grande prazer que tivemos ao conhecer a Árvore de Livros. Ufa, que alívio saber que alguém já se propôs a enfrentar junto com a escola o desafio de educar alunos que veem na leitura fonte de prazer e aprendizado. Parece óbvio depois que está feito, mas não era até que alguém tivesse a coragem e garra para transformar em realidade o que um dia foi só uma ideia legal. Usar a tecnologia, que tanto atrai os alunos e elimina problemas como tempo de entrega, local de armazenamento, restrição de títulos, acompanhamento do processo de leitura de cada aluno, possibilidade de leitura de autores diferentes por alunos de uma mesma turma são apenas algumas das vantagens que a escola tem quando se torna parceira da Árvore de Livros. Dentro de uma mesma plataforma é possível ter um acervo diversificado de conteúdos (livros paradidáticos, jornais e revistas), menor custo para escolas, suporte pedagógico aos educadores, mais controle através de relatórios de leitura individuais, sequências didáticas alinhadas à BNCC e muitos outros benefícios.

Tá bom, confessamos! Não foi “só” isso que nos fez morrer de paixão pela Árvore de Livros. Adivinha se por trás de uma empresa com um propósito tão lindo não tem também uma história da família guerreira que marcou a vida dos filhos para sempre? Pois é, acho que realmente os semelhantes se atraem. Ainda bem!

A Árvore de Livros é uma plataforma de leitura digital para escolas. Desde 2014, tem o propósito de transformar a educação no Brasil por meio da formação de novos leitores. O acervo conta com mais de 30 mil títulos diferentes disponíveis, entre livros, jornais e revistas, disponíveis em um ambiente lúdico e inovador. Além disso, a Árvore de Livros oferece apoio pedagógico aos educadores, relatórios que possibilitam acompanhar de perto a leitura de cada aluno, projetos que estimulam o hábito de ler em crianças e jovens e sequências didáticas alinhadas à Base Nacional Comum Curricular. Saiba mais aqui. 

0 comentário

© 2014 SOSEducação. Todos os direitos reservados.