top of page
Buscar

Filho começando o ano em Escola nova: veja como você, pai/mãe, pode ajudar nesse processo.



Vivendo em um país de dimensões continentais, temos o início do ano letivo acontecendo em datas diferentes, desde quinze de janeiro até a última semana de fevereiro. Apesar dessa diferença de calendário letivo, entre os pais e adultos responsáveis por crianças e adolescentes em idade escolar há uma preocupação em comum, seja qual for a região do Brasil: a adaptação a uma nova escola.

É possível aliviar a pressão e ansiedade que a situação gera nos estudantes, sejam eles crianças ou adolescentes, a partir de alguns ajustes na reta final das férias escolares e nas primeiras semanas de aula. O ponto de partida precisa ser o próprio adulto responsável: culpa, remorso, medo do filho/a enfrentar desafios na adaptação estão entre os pontos que geram ansiedade e estresse que acabam sendo transferidos para os estudantes. Respire fundo e vamos juntos às ações de simples aplicação que vão fazer toda a diferença para um ano escolar mais leve e com muito aprendizado para todos.


  • Lembre que essa escola é o melhor que você pode oferecer ao seu filho. E que ao longo da vida vocês terão mudanças que virão sem aviso prévio: a morte de uma pessoa querida, um divórcio, uma relação de amizade que termina. A mudança de escola é só uma oportunidade segura de ajudar seu filho a se preparar para enfrentar desafios que fazem parte da vida. Juntos você, a escola e seu filho/a vão superar qualquer obstáculo que possa surgir.

  • Não espere que seja tudo perfeito. Imprevistos e mudanças são parte da vida. Tentar se antecipar e prever tudo o que pode acontecer só gera mais estresse e tira de você a possibilidade da vivência dessa fase da vida do seu filho/a. Quando, e se necessário, você vai conseguir encontrar alternativas para o que não estiver funcionando. Ao tentar prevenir toda e qualquer surpresa, você perde de viver o presente, único momento em que pode ajudar seu filho a desenvolver habilidades para o ano letivo que o aguarda.

  • Seja o modelo para aquilo que espera do seu filho: calma, expectativa positiva sobre a capacidade para enfrentar o novo e, principalmente, você precisa fazer novas amizades e estar aberto a conhecer, sem julgar, os pais das crianças que serão colegas de classe do seu filho.

  • Esteja aberto para ouvir sobre insegurança, medo, expectativas que seu filho tenha. Deixe que ele/a fale, sem que você interrompa com respostas imediatas. Quanto mais você conseguir dizer, “entendi minha filha/o” e voltar ao silêncio, mais ele/a vai trazer os sentimentos que tiver em relação às novidades que estão por vir.

  • Envolva seu filho na compra do uniforme, organização dos horários, compra do material escolar e preparação da mochila. Essa é uma forma para ajudar a construir sentimento de controle somente sobre o que pode ser controlado. E de estimular o desenvolvimento de autonomia e sentimento de competência:  ser capaz de dizer a si mesmo: “sim, eu sou capaz” é muito diferente de ouvir que é capaz, sem ter de fato feito nada.

  • Em momentos nos quais o assunto não seja a nova escola, pergunte o que seu filho acha que vai ter de diferente este ano na vida de vocês. Deixe que ele traga alguns pontos e vá acrescentando o que você imagina também: novos amigos, que são os pais dos seus novos colegas na escola, um caminho novo a fazer na ida para a escola e volta para casa, novos horários e mais, muito mais.

  • Faça ajustes na rotina para garantir tempo fora das telas, para gerar oportunidades de enfrentar a realidade como ela é, sem botão de avançar, sem poder acelerar uma tarde nublada ou um momento de tédio. O equilíbrio no uso das telas vai impactar de forma positiva a adaptação na nova escola e o processo de aprendizagem ao longo de todo o ano letivo que está começando. 


Conteúdos novos todos os dias no nosso Instagram e Facebook.

Clique aqui para acessar.


Saiba mais sobre nossas Palestras: 11.938051719


📝 Curso "Educar sem Pirar": Clique aqui para acessar.


📖 Livro "Guia para Família Parceira da Escola no Pós-Pandemia": Clique aqui para comprar


📖 Livro "Socorro, meu filho não estuda": Clique aqui para comprar

0 comentário

コメント


bottom of page