top of page
Buscar

Mudar ou não seu filho de escola: o dilema que acompanha o período de rematrícula escolar.


Eis que chega o período em que os pais têm que tomar a decisão sobre fazer a rematrícula do filho na mesma escola onde ele está, ou mudar para uma nova proposta. Ao mesmo tempo em que muitas escolas se empenham em atrair novos alunos, os pais se veem diante de um dilema: “será que mudar é o melhor para meu filho?” De fato, não é uma decisão fácil de ser tomada. Existem algumas armadilhas que precisam ser evitadas e fatores importantes a serem considerados para ajudar na sua decisão. Ao contrário do que muitos pensam, essa não é uma decisão que pode ser tomada somente com base na emoção. Decisões conscientes e com maiores chances de sucesso são tomadas com uma avaliação de vários fatores envolvidos.


Ansiedade, medo de errar, estresse por algum momento difícil que vocês estejam passando na escola atual só vão prejudicar seu julgamento e gerar uma decisão tomada por impulso. É momento de equilibrar as emoções e deixar a razão falar alto e claro. Um cuidado é não se deixar levar por propaganda, ou jogo de palavras que, na prática, nada refletem o que uma boa escola precisa oferecer. Nada de errado se a escola oferece somente uma aula de inglês por semana para as crianças. Tudo errado se esta mesma escola se diz “Bilingue”. Nada de errado se a escola não tem professores com mestrado ou doutorado. Tudo errado se a escola não tem professores graduados e um processo de formação continuada que aborda novas teorias e muita prática. Dizer o que realmente faz e cumprir o que se propõe a fazer é essencial. Infelizmente não é o que acontece em todas as escolas. Nossa sugestão é que os pais visitem as escolas que estão em uma distância viável de sua casa e conheçam a proposta de ensino. Depois de ouvir sobre a metodologia, façam perguntas que abordem questões do dia a dia dos alunos. Não se preocupem tanto com os aspectos do processo ensino-aprendizagem que deverá ser cuidado pelos professores e equipe da escola. Tenham em mente que a pergunta chave para poder decidir não é “que metodologia a escola usa?”, mas sim como a escola coloca em prática tudo o que é proposto pela linha que escolheu seguir. Se você conseguir entender a transferência que a escola faz da teoria para a prática, já terá um fundamento a partir do qual poderá decidir com a mente e o coração em sintonia.


Clique aqui para acessar.


Saiba mais sobre nossas Palestras: 11.938051719


📝 Curso "Educar sem Pirar": Clique aqui para acessar.


📖 Livro "Socorro, meu filho não estuda": Clique aqui para comprar.




0 comentário
bottom of page