Buscar

Quarentena: como explicar para os filho sem gerar pânico

Antes de qualquer dica, um fato: se você estiver tranquila, ciente de que não há motivos para pânico, não tem como você assustar ninguém, muito menos uma criança. Caso as incertezas deste momento ainda sejam assustadoras para você, deixe que outras pessoas explique para seu filho sobre o Coronavírus. E agora uma dica que pode ajudar a envolver as crianças nos cuidados necessários com a higiene. Explique para seu filho que ele ganhou um superpoder: destruir um vírus capaz de contaminar as pessoas e fazer todos ficarem gripados.

É como se o mundo fosse um grande vídeo game e todos nós, os jogadores. Mas dessa vez, na vida real, envolvendo pessoas de verdade. Já sabemos que esse vírus não consegue andar sozinho. Ele depende das pessoas para conseguir se espalhar. E qual o problema caso ele se espalhe, se uma gripe nem é nada tão grave assim? O problema é que se todos em casa estiverem doentes, de cama, com febre, quem vai cuidar de cada um? Como vão comer? Controlar os remédios e horários? É esse o porquê cada membro da família precisa tomar todos os cuidados para não ser contaminado e não contaminar outras pessoas. Além disso, uma pessoa que está forte e pega gripe, acaba sarando rapidinho. Mas para as pessoas que já precisam de mais cuidados, como os idosos e pessoas que já têm algum outro problema de saúde, essa gripe vira uma doença grave.

A boa notícia é a do início da conversa: cada um de nós tem o superpoder de parar esse Coronavírus. Do que o vírus gosta, ou como ele ganha as batalhas: quando deixamos de lavar as mãos e quando nos aproximamos de outras pessoas. E aí é hora de perguntar ao seu filho como ele pode combater esses dois pontos que alimentam o vírus. Com a resposta, vocês fazem um desenho, uma tabela, uma lista. O importante é registrar para deixar visível pela casa, para que ninguém possa ser vencido pela distração. É assim que lavar as mãos, usar álcool gel e manter a distância física de outras pessoas passará a fazer parte dessa aventura que um dia vai se transformar em um “lembra quando…?” que nossos filhos contarão pelo resto da vida!

0 comentário

© 2014 SOSEducação. Todos os direitos reservados.