top of page
Buscar

Semana confusa para as crianças: três dias em casa, dois dias de readaptação na escola. E os pais...



Os pais ficam divididos entre deixar rolar esses dias como se fossem continuação, ou retomada, das férias ou manter a rotina, para não ter muito estresse no retorno à escola, na quinta feira. Será que tem uma estratégia com garantia de que nada vai dar errado no dia do retorno para a escola? Trazemos uma boa e uma má notícia. Vamos começar pela dura realidade: não existe uma fórmula mágica, que vá ter cem por cento de sucesso com cem por cento das crianças ou adolescentes. Eis a grande e dura realidade que precisamos constantemente enfrentar quando decidimos ter filhos. Viveremos em eterno processo de aprendizagem. Vamos agora à boa notícia: cada vez mais estudos científicos sobre a formação cerebral e desenvolvimento emocional de nossas crianças se tornam disponíveis. Estudos sérios, que vêm sendo colocados em teste há anos, antes de serem publicados. Essas pesquisas trazem muitas indicações de caminhos para que possamos entender como nossos filhos processam diferentes situações e como podemos estimular para que superem desafios que fazem parte da vida real. O resultado são pistas para estratégias eficazes de caminhos que podemos tomar para tornar mais leve o dia a dia em família e a relação com a escola.


O primeiro passo para essa semana mista, com dias em casa e uma “repentina” volta para  a rotina escolar é relaxar aproveitando o clima de diversão, que está no ar, mas aproveitar o tempo que tiver com seu filho para estimular habilidades que ajudam na relação com a escola e aprendizagem. Tudo de forma leve, sem discursos ou cobranças que possam gerar o efeito contrário ao desejado. Isso significa não relacionar os momentos de brincadeiras ou atividades que vocês fizerem juntos com a escola. É importante não dizer que a partir de quinta feira “é prá valer”, porque as aulas começam de verdade. Simplesmente aproveite os momentos que vocês tiverem juntos e ajude, assim, a preparar seu filho para que a tranquilidade permaneça, mesmo com a rotina mais corrida e os desafios que fazem parte do processo de aprendizagem na escola. Atividades que desapareceram aos poucos da vida em família podem ser retomadas, como um passeio na banca de jornais. Ou a um sebo. Ou livraria mais próxima. Sem pressa, sem predefinir o que vocês vão comprar lá. A princípio, vocês vão explorar juntos as opções para a idade do seu filho, não importa se ele/a tem 2, 12 ou 17 anos. Escolha um jornal ou revista para vocês, pais, lerem também. E saiam da banca cada um algo para fazer em casa.


Juntos vocês vão movimentar o corpo, praticar o desafio da tomada de decisão, desenvolver maior capacidade de foco e concentração enquanto escolhem o que levar. E mais: trazer escrita e leitura para o dia a dia da família, lidar com limites e restrições financeiras, descobrir atividades para serem feitas em momentos desconectados. E o vínculo entre pais e filhos, esse é, sem dúvida, o prêmio mais valioso que vocês levarão para muito, muito além da semana de carnaval! 


Conteúdos novos todos os dias no nosso Instagram e Facebook.

Clique aqui para acessar.


Saiba mais sobre nossas Palestras: 11.938051719


📝 Curso "Educar sem Pirar": Clique aqui para acessar.


📖 Livro "Guia para Família Parceira da Escola no Pós-Pandemia": Clique aqui para comprar


📖 Livro "Socorro, meu filho não estuda": Clique aqui para comprar


0 comentário

Comments


bottom of page