Buscar

Como manter a afetividade e o engajamento no ensino

Foi no susto a virada das aulas presenciais para o formato remoto.

O desafio com as crianças pequenas ainda maior.

Ainda assim, a afetividade esteve sempre no centro das decisões e interações!

Quem conseguiu pensar em afetividade quando estávamos em meio ao caos? Como isso pode ser possível depois de tantos meses de dúvidas, angústias, cansaço físico e emocional?



A resposta é uma só: para aqueles que já tinham a afetividade como parte tão integrante do processo ensino-aprendizagem nem foi preciso “pensar” para fazer isso. Assim segue cada uma das unidades do Red Balloon: acolhendo professores e famílias. Buscando maneiras de manter os alunos envolvidos e ativos no processo de aquisição de uma língua estrangeira e no desenvolvimento de habilidades para a vida.


Nossa conversa com a Ruymara Almeida é um banho de inspiração e uma injeção de ânimo para seguirmos em frente!


0 comentário

© 2014 SOSEducação. Todos os direitos reservados.