top of page
Buscar

Empreendedorismo Feminino: o desafio nosso de cada dia.

Para você, mulher, que às vezes pensa em desistir: seja do seu negócio ou da carreira como parte de uma empresa, respira fundo!

Como mãe e filha, empreendedoras e sócias, recebemos muitos comentários de pessoas que gostam do nosso trabalho e acham linda nossa relação. Cada pessoa com uma história de luta diária. E muitas vezes, pegando postagens de fotos e vídeos em que estamos a pleno vapor, ficam com a impressão de que sempre dá tudo certo por aqui. E de que, para nós, tudo é leveza e sempre dá certo. A verdade é somos duas mulheres com muitas histórias. E que nosso trabalho mistura nossa relação de mãe e filha, nossas perdas, nossos privilégios e injustiças e nossos estudos: a base que cada uma teve individualmente e os cursos que fizemos juntas.

Quando tínhamos três anos de empresa, nossa vida passou por um tsunami. Saímos ambas arrasadas: emocionalmente e financeiramente sem um alicerce no qual pudéssemos nos apoiar.


Entre lágrimas, terapia e muitos momentos de total desespero, por não saber como seria a semana seguinte, de onde tiraríamos dinheiro para pagar as contas mais básicas e a força para seguir adiante, unimos nossas mãos e seguimos em frente.

Ainda não sei que era mais difícil: os dias em que tínhamos trabalho ou aquelas longas semanas em que só ouvíamos “não”, mesmo antes de apresentar o que tínhamos a ofertar, para tornar mais leve a relação entre Família e Escola. Gravar vídeos, criar conteúdo em diversos formatos, fazer palestra ou formação de professores, com o corpo fisicamente doendo pelo desespero emocional é muito difícil. Mas não ter trabalho e ver os boletos se acumulando e o cheque especial prestes a estourar também não é fácil. As duas situações ao mesmo tempo: um pesadelo que parecia sem fim.

Desistir, porém, não era uma opção. Nas vezes em que eu, Roberta, não tive mais força e decidi que ia aceitar alguma proposta de emprego, a Taís me segurou. E nos dias em que ela achava que não ia aguentar, meu coração de mãe me enchia de uma energia tão grande e de uma certeza absoluta de que íamos conseguir vencer. E assim seguimos. Aos poucos. Com palavras, abraços, apoio de alguns familiares e de muitos amigos, aos quais seremos eternamente gratas. Tivemos, e sabemos que ainda virão, muitos momentos com a sensação de um tobogã: altos e baixos, certeza e medo, coragem e dúvida sobre nossa capacidade de seguir em frente.

Quando parecia que o pior estava passando, veio a pandemia. E quando parecia que tínhamos conseguido superar as barreiras impostas pelo isolamento social, vieram outros desafios. Perdi meu paizinho querido, minha referência de amor e coragem. Quatro meses depois, perdi meu irmão. Haja resiliência para seguir adiante. Dessa vez, com o desafio de seguir cumprindo nossas responsabilidades e contratos firmados com tantas escolas e empresas pelo Brasil e também fora daqui.

E não é que conseguimos! E não é que aprendemos a reconhecer nossa força! E não é que novos desafios continuam a surgir e hoje somos gratas por eles, porque, aos pouquinhos, vamos aprendendo que isso se chama vida. Vida que surpreende e segue adiante. Apesar de vivermos em um país que em nada favorece o empreendedorismo. Apesar de tantos apesares, temos um orgulho imenso do país que representamos nos eventos de educação pelo mundo afora.


Somos mulheres empreendedoras. E desistir é uma palavra que riscamos do nosso dicionário. Um dia de cada vez, seguimos adiante, sem medo do amanhã. E você, consegue enxergar na sua história o poder enorme que tem para recomeçar quantas vezes for preciso?


Conteúdos novos todos os dias no nosso Instagram e Facebook.

Clique aqui para acessar.


Saiba mais sobre nossas Palestras: 11.938051719


📝 Curso "Educar sem Pirar": Clique aqui para acessar.


📖 Livro "Guia para Família Parceira da Escola no Pós-Pandemia": Clique aqui para comprar


📖 Livro "Socorro, meu filho não estuda": Clique aqui para comprar


0 comentário
bottom of page