top of page
Buscar

Inteligência Artificial na educação ou Saúde Mental do Professor: qual é mais importante?



Nas últimas semanas, vimos um crescimento nas discussões sobre como a Inteligência Artificial vai, de agora em diante, impactar a educação, em especial a partir da facilidade de acesso a ferramentas como o Chat GTP.

Sem dúvida, uma reflexão necessária. E que deve perdurar até que os novos recursos tenham sido assimilados como ferramentas que podem enriquecer o processo de ensino-aprendizagem.

A grande questão que fica é: adianta discutir como as novas tecnologias vão impactar a educação sem envolver os professores nessa conversa?

Qualquer pessoa em sã consciência vai responder que os professores são fundamentais nessa reflexão. O grande problema, contudo, é conseguir dar a esse assunto o peso que de fato tem, sem antes pavimentar o caminho para resolver questões que permeiam o dia dos professores na sala de aula hoje.


De 6 a 9 de março aconteceu no Texas um dos maiores eventos internacionais de inovação e aprendizado do mundo, o SXSW Edu. Durante os 4 dias do evento dedicados à educação, diversos painéis trouxeram como tema a saúde mental do professor e a necessidade urgente de ações para retenção dos profissionais de educação na escola. O resultado das pesquisas apresentadas trouxeram números alarmantes em relação ao abandono da carreira apenas 5 anos após o início como regente em sala de aula para as gerações mais jovens.


Na semana anterior ao SXSW, o Todos pela Educação publicou o resultado de uma pesquisa realizada no Brasil, que trouxe resultados muito parecidos com os dados apresentados no SXSW: as preocupações e demandas dos professores são as mesmas. Como é de se esperar, o baixo salário, que em nada corresponde às responsabilidades e demandas da profissão, aparece entre os itens de maior frustração na carreira do professor. Mas este é somente um ponto de um cenário repleto de frustrações e sentimento de total falta de apoio. O salário do professor, em especial da rede pública, de fato depende da boa vontade política e ajustes que requerem tempo e envolvimento de diversos setores da sociedade. E mesmo na escola privada, a grande maioria dos profissionais também não tem seus rendimentos à altura do trabalho que exerce.


Há, contudo, outros pontos trazidos pelos professores sobre os quais podemos agir de forma contundente e gerar melhorias de alto impacto na educação no curto prazo. Dentre esses pontos, destacamos três aspectos que estão totalmente ao alcance dos pais e responsáveis por crianças e adolescentes em idade escolar:

- o respeito do aluno na relação com o professor - muitos profissionais da educação estão adoecendo emocionalmente e colocam a falta de respeito por parte dos alunos, desde a educação infantil até os adolescentes, como um dos fatores de esgotamento. Inúmeros casos de agressões físicas e verbais são parte quase que diária dentro da escola. Enquanto não colocarmos o respeito ao professor de volta na educação que damos a nossos filhos e no exemplo que passamos enquanto responsáveis, a situação tende a se agravar.

- O envolvimento/comprometimento do aluno com o processo de aprendizagem: tornar a aula interessante é parte do trabalho do professor. Garantir que o aluno assuma as responsabilidades que fazem parte do papel de estudante, por outro lado, é algo que o professor não tem como fazer sem ajustes que os responsáveis precisam fazer dentro de casa, no dia a dia em família.

- A parceria da família com a escola: sim, este é um dos fatores que aparecem nos resultados de pesquisas feitas com professores de escolas privadas ou públicas, tanto em países que estão no topo do ranking da educação como naqueles que, como o Brasil, ainda têm deixado muito a desejar no desempenho da educação a nível nacional.


Ter professores com a saúde física e mental equilibrada faz toda a diferença na qualidade da educação que seu filho vai receber. E, por outro lado, esse mesmo professor vai ter mais recursos para ajudar seu filho a superar desafios de aprendizagem e desenvolvimento socioemocional que vão gerar impactos por toda a vida. Sendo assim, se for difícil fazer os ajustes para uma relação de parceria com a escola em prol de uma carreira mais atrativa para o professor, que tal fazer esse esforço pelo futuro do seu filho? Sem dúvida, um investimento de tempo e energia que retorna para sua família e ajuda a fazer do nosso país um lugar melhor para cada um de nós!


Conteúdos novos todos os dias no nosso Instagram e Facebook. Clique aqui para acessar. Saiba mais sobre nossas Palestras: 11.938051719 📝 Curso "Educar sem Pirar": Clique aqui para acessar. 📖 Livro "Socorro, meu filho não estuda": Clique aqui para comprar.




0 comentário

Comentários


bottom of page